Arquivos da categoria: Indicadores Ipea

Inflação por faixa de renda – Abril/2022

Por Maria Andréia P. Lameiras

De acordo com o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda, em abril, a inflação variou entre 1,00% para o segmento de renda alta e 1,06% para a classe de renda muito baixa (tabela 1). Com a incorporação deste resultado, no acumulado do ano, até abril, a inflação registra altas que variam de 3,7% (renda alta) a 4,5% (renda muito baixa). Já no acumulado em doze meses, as taxas apontam altas inflacionárias entre 10,8% (renda alta) e 12,7% (renda muito baixa).

220516_cc_55_nota_18_ifr_maio_22_tabela_01

220516_cc_55_nota_18_ifr_maio_22_graficos_01_e_02

Acesse o texto completo

Taxa mensal de inflação por faixa de renda (xlsx)



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Índice de Custo da Tecnologia da Informação (ICTI) – março de 2022

Por Maria Andreia Parente Lameiras

O Índice de Custo da Tecnologia da Informação (ICTI), calculado pelo Ipea, apresentou taxa de variação de 0,45% em março de 2022, situando-se 0,3 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa registrada no mês anterior. Na comparação com o mesmo mês de 2021, a variação foi 0,27 p.p. menor. Com a incorporação desse resultado, o ICTI acumula variação de 5,46% nos últimos doze meses.

220510_cc_55_nota_13_icti_mar22_tabela_1

220510_cc_55_nota_13_icti_mar22_tabela_2

Acesse o texto completo

ICTI – Série Completa – Março de 2022 (xlsx)



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Indicador IPEA de FBCF – Fevereiro de 2022

Por Leonardo Mello de Carvalho

O Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) aponta uma alta de 0,8% na comparação entre fevereiro e janeiro, na série com ajuste sazonal. Com isso, o trimestre móvel encerrado em fevereiro registrou um crescimento de 2,8%. Nas comparações com os mesmos períodos de 2020, enquanto fevereiro apresentou uma expansão de 0,9%, o trimestre móvel caiu 2,6%. No acumulado em doze meses, os investimentos totais apresentaram um crescimento de 14,7% em fevereiro.

220502_cc_55_nota_9_fbcf_grafico_1

Na comparação com ajuste sazonal, o consumo aparente de máquinas e equipamentos – que corresponde à produção nacional destinada ao mercado interno acrescida das importações – apresentou um crescimento de 2,5% em fevereiro, encerrando o trimestre móvel com uma alta de 2,6%. De acordo com os seus componentes, enquanto a produção nacional de máquinas e equipamentos avançou 1,6% em fevereiro, a importação cresceu 4,9% no mesmo período. Com isso, as importações cresceram 7,1% no trimestre móvel. A produção nacional, por sua vez, encerrou o período com uma queda de 0,3%. No acumulado em doze meses, a demanda interna por máquinas e equipamentos registrou um aumento de 23%.

220502_cc_55_nota_9_fbcf_tabela_1

Os investimentos em construção civil, por sua vez, também avançaram em fevereiro, na série dessazonalizada, registrando uma alta de 0,2%. Com isso, o segmento registrou um crescimento de 0,5% no trimestre móvel. No acumulado em doze meses, a expansão foi de 11,9%.

Acesse o texto completo

Índice IPEA mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (xlsx)



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Indicador IPEA de Consumo Aparente de Bens Industriais – Fevereiro de 2022

Por Leonardo Mello de Carvalho

O Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais – definido como a parcela da produção industrial doméstica destinada ao mercado interno acrescida das importações – registrou uma alta de 0,4% na comparação entre fevereiro e janeiro na série com ajuste sazonal. Com esse resultado, o trimestre móvel terminado em fevereiro avançou 0,5% na margem. Nesta base de comparação, a demanda por bens industriais cresceu pelo terceiro período consecutivo. Entre os componentes do consumo aparente, ainda na comparação dessazonalizada, enquanto a produção interna destinada ao mercado nacional (bens nacionais) subiu 0,6% em fevereiro e 0,9% no trimestre móvel, as importações de bens industriais voltaram a cair, com recuos de 1,7% e 6,5%, respectivamente, conforme mostra a tabela 1.

Na comparação interanual, a demanda interna por bens industriais retrocedeu 7,1% contra fevereiro do ano passado. Com isso, o trimestre móvel registrou uma queda de 6,1% em relação ao verificado no mesmo período de 2021. Tomando por base a variação acumulada em doze meses, a demanda cresceu 5,7%, enquanto a produção industrial, mensurada pela Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acumulou uma alta de 2,8%, como visto no gráfico 1. Na mesma base de comparação, as importações de bens industriais cresceram 24,8%.

220427_cc_55_nota_7_consumo_aparente_de_bens_industriais_tabela_1

220427_cc_55_nota_7_consumo_aparente_de_bens_industriais_grafico_1

Acesse o texto completo

Indicador IPEA de Consumo Aparente de Bens Industriais (xlsx)



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Investimento líquido e estoque de capital – quarto trimestre de 2021

Por José Ronaldo de C. Souza Jr. e Felipe M. Cornelio

Esta Nota atualiza as séries dos indicadores Ipea de investimento líquido e de estoque de capital até dezembro de 2021. Com os dados acumulados em doze meses dos investimentos brutos (Formação Bruta de Capital Fixo – FBCF) alcançando um crescimento de 17,2% no ano, os investimentos líquidos (excluído o valor da depreciação do estoque de capital prévio) voltaram a apresentar valores positivos. Por conseguinte, o estoque de capital voltou a crescer, atingindo uma taxa de crescimento interanual de 1,0% em dezembro de 2021 – depois de ter fechado o ano de 2020 em queda de 0,1%. O destaque de 2021 foi o crescimento generalizado dos investimentos das três categorias (construção, máquinas e equipamentos e outros). Particularmente, a categoria de máquinas e equipamentos, que vinha com inves​timentos líquidos negativos desde 2015, voltou a fechar o ano com valor positivo (acumulação líquida de capital) em 2021.

220414_cc_55_nota_5_ifr_mar22_tabela_1

Acesse o texto completo



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Inflação por faixa de renda – Março/2022

Por Maria Andréia P. Lameiras

Em março, o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou taxas de inflação variando entre 1,24% para as famílias pertencentes aos estratos de renda mais alta e 1,74% no segmento de renda mais baixa. No acumulado no ano até março, a inflação varia entre 2,68% para o segmento de renda alta e 3,40% para o segmento de renda muito baixa. No acumulado em 12 meses, a inflação varia entre 10% para as famílias de renda mais alta e 12% para as famílias de renda mais baixa​.

220414_cc_55_nota_5_ifr_mar22_tabela_1

Acesse o texto completo

Taxa mensal de inflação por faixa de renda (xlsx)



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Índice de Custo da Tecnologia da Informação (ICTI) – fevereiro de 2022

Por Maria Andreia Parente Lameiras

O Índice de Custo da Tecnologia da Informação (ICTI), calculado pelo Ipea, apresentou taxa de variação de 0,75% em fevereiro de 2022, situando-se 0,06 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada no mês anterior. Na comparação com o mesmo mês de 2021, o resultado mostrou estabilidade. Com a incorporação desse resultado, o ICTI acumula uma variação de 5,57% nos últimos doze meses.
220324_cc_54_nota_29_icti_jan_tabela_1_jan22

220324_cc_54_nota_29_icti_jan_tabela_2_jan22

Acesse o texto completo

ICTI – Série Completa – Fevereiro de 2022 (xlsx)



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Indice de Custo da Tecnologia da Informação (ICTI) – janeiro de 2022

Por Maria Andreia Parente Lameiras

O Índice de Custo da Tecnologia da Informação (ICTI), calculado pelo Ipea, apresentou taxa de variação de 0,81% em janeiro de 2022, situando-se 0,55 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada no mês anterior. Na comparação com o mesmo mês de 2021, o resultado mostrou estabilidade. Com a incorporação desse resultado, o ICTI acumula uma variação de 5,75% nos últimos doze meses.
220324_cc_54_nota_29_icti_jan_tabela_1_jan22

220324_cc_54_nota_29_icti_jan_tabela_2_jan22

Acesse o texto completo

ICTI – Série Completa – Janeiro de 2022 (xlsx)



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Indicador IPEA de Consumo Aparente de Bens Industriais – Janeiro de 2022 Demanda interna por bens industriais inicia o ano com recuo de 2,3% em janeiro

Por Leonardo Mello de Carvalho

O Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais – definido como a parcela da produção industrial doméstica destinada ao mercado interno acrescida das importações – registrou uma queda de 2,3% na comparação entre janeiro e dezembro na série com ajuste sazonal. Com esse resultado, o trimestre móvel terminado em janeiro avançou 1,5% na margem. Entre os componentes do consumo aparente, ainda na comparação dessazonalizada, enquanto a produção interna destinada ao mercado nacional (bens nacionais) caiu 2,2% em janeiro, as importações de bens industriais recuaram 2,4%, conforme mostra a tabela 1.

Na comparação interanual, a demanda interna por bens industriais retrocedeu 7,7% contra janeiro do ano passado. Com isso, o trimestre móvel registrou uma queda de 3,8% em relação ao verificado no mesmo período de 2021. Tomando por base a variação acumulada em doze meses, a demanda cresceu 6,6%, enquanto a produção industrial, mensurada pela Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acumulou uma alta de 3,1%, como visto no gráfico 1. Na mesma base de comparação, as importações de bens industriais cresceram 25,8%.

220303_cc_54_nota_18_indice_marco22_tabela_1

220303_cc_54_nota_18_indice_marco22_tabela_1

Acesse o texto completo

Indicador IPEA de Consumo Aparente de Bens Industriais (xlsx)

 



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Indicador IPEA de FBCF – Janeiro de 2022 Investimentos iniciam o ano de 2022 com recuo de 0,4%

Por Leonardo Mello de Carvalhos

O Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) aponta uma queda de 0,4% na comparação entre janeiro de 2022 e dezembro de 2021, na série com ajuste sazonal. Ainda assim, o trimestre móvel fechou com uma alta de 1,4%. Nas comparações com os mesmos períodos de 2020, enquanto janeiro registrou uma queda de 5,5%, o trimestre móvel caiu 1,8%. No acumulado em doze meses, os investimentos totais apresentaram crescimento de 15,5% em janeiro.

220303_cc_54_nota_18_indice_marco22_tabela_1

Na comparação com ajuste sazonal, o consumo aparente de máquinas e equipamentos – que corresponde à produção nacional destinada ao mercado interno acrescida das importações – apresentou um recuo de 4,7% em janeiro, encerrando o trimestre móvel com uma alta de 0,4%. De acordo com os seus componentes, enquanto a produção nacional de máquinas e equipamentos cedeu 4,9% em janeiro, a importação caiu 12,5% no mesmo período. Ainda assim, as importações cresceram 5,5% no trimestre móvel. A produção nacional, por sua vez, encerrou o período com uma queda de 0,5%. No acumulado em doze meses, a demanda interna por máquinas e equipamentos registrou um aumento de 22,4%.

220303_cc_54_nota_18_indice_marco22_tabela_1

Os investimentos em construção civil, por sua vez, avançaram em janeiro, na série dessazonalizada, registrando alta de 2,9%. Com isso, o segmento registrou uma queda de 1,4% no trimestre móvel. No acumulado em doze meses, o crescimento foi de 12,3%.

Acesse o texto completo

Índice IPEA mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (xlsx)

 



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------