DILEMAS E DESAFIOS DE REPUBLICANOS E DEMOCRATAS APÓS 2018

DOI:

https://doi.org/10.38116/rtmv5n1art11

Resumo

A eleição presidencial de 2016 e seu resultado expuseram as fissuras de um sistema político cada vez mais polarizado e ferido por duros embates entre republicanos e democratas. Além disso, nos últimos anos, ambos os partidos também sofreram com o desgaste de suas disputas internas, entre conservadores, ultraconservadores, moderados e progressistas. Um dos mais visíveis e recentes sintomas dessa divisão – o “fator Trump” – se mantém como elemento perturbador da norma para muitos de seus correligionários e para seus adversários. Partindo de reflexões sobre as eleições de meio de mandato de 2018, este artigo pretende abordar os primeiros debates e movimentos para a eleição presidencial de 2020, olhando para os desafios e os já anunciados presidenciáveis republicanos e democratas.

Publicado

2019-01-10 — Atualizado em 2020-09-24

Versões

Como Citar

DILEMAS E DESAFIOS DE REPUBLICANOS E DEMOCRATAS APÓS 2018. (2020). Revista Tempo Do Mundo, 5(1), 285-301. https://doi.org/10.38116/rtmv5n1art11 (Original work published 10º de janeiro de 2019)

Edição

Seção

Artigos