SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS PARA O INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA NA EUROPA E NO BRASIL:

PANACEIA EM TEMPOS DE AUSTERIDADE?

Autores

  • Antonio José Alves Junior UFRRJ
  • Andre de Melo Modenesi IE/UFRJ
  • Lucas Bressan de Andrade UNICAMP
  • Gabriel Guerra

Resumo

Tanto no Brasil como na Europa, desde 2008, formou-se um consenso em torno da importância dos investimentos em infraestrutura para pavimentar o crescimento no longo prazo e estimular a demanda agregada no presente, contribuindo para a retomada do crescimento. Ocorre que, em ambos os lugares, a política econômica é dominada pela austeridade fiscal. Logo, os investimentos em infraestrutura teriam de ser realizados e financiados pelo setor privado. Para tanto, um dos dispositivos para estimular o setor privado seria o aperfeiçoamento de garantias públicas para essa classe de investimento. Neste artigo, discute-se em que medida seria possível, a partir da experiência europeia, apostar nesse dispositivo para induzir o aumento dos investimentos em infraestrutura, considerando suas especificidades.

Biografia do Autor

Antonio José Alves Junior, UFRRJ

Professor associado do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Andre de Melo Modenesi, IE/UFRJ

Professor associado do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE/UFRJ); e pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Lucas Bressan de Andrade, UNICAMP

Economista

Gabriel Guerra

Economista

Publicado

2019-10-09

Como Citar

Alves Junior, A. J. ., Modenesi, A. de M. ., Andrade, L. B. de ., & Guerra, G. . (2019). SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS PARA O INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA NA EUROPA E NO BRASIL:: PANACEIA EM TEMPOS DE AUSTERIDADE?. Revista Tempo Do Mundo, 4(1), 147-177. Recuperado de https://www.ipea.gov.br/revistas/index.php/rtm/article/view/5

Edição

Seção

Artigos