Ocupações Técnico-científicas no Setor de Telecomunicações: considerações sobre sua intensidade e sobre a oferta de mão de obra qualificada

Ocupações Técnico-científicas no Setor de Telecomunicações: considerações sobre sua intensidade e sobre a oferta de mão de obra qualificada

Radar nº 15 - Setembro de 2011

A compreensão acerca da importância em se estimular o aprimoramento e a difusão das tecnologias da informação e comunicação (TICs) parece ter alcançado um patamar de “consenso difuso”, tendo em vista que seu potencial de contribuição para o desenvolvimento econômico e social do país já é bastante aceito, mas ainda não foi possível encontrar soluções de fato aplicáveis para o cenário brasileiro. O setor é reconhecido como uma atividade sujeita a rápidas, frequentes e vigorosas modificações tecnológicas e por este motivo, demanda grandes investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I). Além disso, por se tratar de uma área da chamada “Economia da Informação”, seu progresso técnico depende mais intensamente da geração de novos conhecimentos, grande parte do qual reside na experiência dos profissionais do setor.

Autores: Rodrigo Abdalla Filgueiras de Sousa e Paulo A. Meyer M. Nascimento

   
icon pdf Acesse o artigo completo em PDF