FINANCIAMENTO PÚBLICO À INOVAÇÃO NO BRASIL: CONTRIBUIÇÃO PARA UMA DISTRIBUIÇÃO REGIONAL MAIS EQUILIBRADA?

José Ricardo de Santana, André Luiz da Silva Teixeira, Márcia Siqueira Rapini, Fernanda Esperidião

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar o financiamento público à inovação quanto à sua distribuição regional a partir de duas fontes de informações: a Pesquisa de Inovação (PINTEC) de 2001 a 2011; e dados da FINEP e do BNDES, para o período de 2005-2014. Para avaliar a concentração regional do financiamento à inovação foram construídos três indicadores, tomando como base a quantidade de empresas beneficiadas (ICFq) e os valores apoiados (ICFv e ICFa). Observou-se que o apoio do governo à inovação manteve sua concentração na região Sudeste, especialmente quanto aos valores desse apoio. Por sua vez, as regiões Norte e Nordeste receberam financiamento por empresa inovadora menor que a média nacional. As evidências, portanto, apontam que o apoio do governo à inovação na última década não contribuiu para reverter a evidente concentração regional.


Palavras-chave


Financiamento público; inovação; Regiões Brasileiras; PINTEC.

Texto completo:

PDF