DISTRIBUIÇÃO DO PIB PER CAPITA NAS MICRORREGIÕES BRASILEIRAS:

UMA ANÁLISE EXPLORATÓRIA ESPACIAL

Autores

  • Ricardo Carvalho de Andrade Lima UFPE
  • João Policarpo Rodrigues Lima UFPE

Palavras-chave:

análise exploratória espacial, disparidades regionais, crescimento regional, políticas regionais

Resumo

O objetivo do presente estudo é analisar como se alterou a distribuição espacial do PIB per capita nas microrregiões brasileiras no período de 1970 a 2008. Através de técnicas de análise exploratória espacial e utilização de matrizes de transição aplicadas por Rey (2001), verifica-se que a distribuição espacial do PIB per capita permaneceu estável durante todo o período. Dessa forma, 82% das microrregiões que se localizavam num cluster de pobreza em 1970, assim permaneceram em 2008. Além disso, observa-se a existência de economias com alto PIB per capita com vizinhos de baixo PIB per capita, um indício de ausência de spillovers positivos nessas regiões. Os resultados obtidos no trabalho foram robustos a alteração das matrizes espaciais, assim como a modificação da estratégia de identificação de clusters.

Biografia do Autor

Ricardo Carvalho de Andrade Lima, UFPE

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Economia da UFPE (PIMES).

João Policarpo Rodrigues Lima, UFPE

Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Economia da UFPE (PIMES). Doutorado em Economia pela University of London (Inglaterra).

Downloads

Publicado

2021-12-21

Como Citar

Lima, R. C. de A., & Lima, J. P. R. (2021). DISTRIBUIÇÃO DO PIB PER CAPITA NAS MICRORREGIÕES BRASILEIRAS:: UMA ANÁLISE EXPLORATÓRIA ESPACIAL. Planejamento E Políticas Públicas, (47). Recuperado de //www.ipea.gov.br/ppp/index.php/PPP/article/view/604

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)