Determinantes da Reeleição Municipal da Bahia para o Período de 2000 a 2008

Autores

  • Felipe de Figueiredo Silva Universidade Federal de Viçosa
  • Marcelo José Braga Universidade Federal de Viçosa

Palavras-chave:

eleições municipais, modelo de efeitos fixos, Bahia

Resumo

O objetivo deste trabalho é investigar os determinantes das chances de reeleição municipal para o estado da Bahia nas eleições de 2000, 2004 e 2008. Para isto, estimou-se um modelo de efeitos fixos em painel não balanceado a partir de regressão logística. Os resultados apontam que os eleitores punem os prefeitos que aumentam os gastos totais no ano eleitoral, favorecem os que aumentam as receitas totais no ano eleitoral e que a filiação do prefeito ao partido do governador aumenta as chances de reeleição

Biografia do Autor

Felipe de Figueiredo Silva, Universidade Federal de Viçosa

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada do Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa

Marcelo José Braga, Universidade Federal de Viçosa

Professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada da Universidade Federal de Viçosa

Downloads

Publicado

2013-07-25

Como Citar

Silva, F. de F., & Braga, M. J. (2013). Determinantes da Reeleição Municipal da Bahia para o Período de 2000 a 2008. Planejamento E Políticas Públicas, (40). Recuperado de //www.ipea.gov.br/ppp/index.php/PPP/article/view/375