Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

Sistema Monetário. Finanças. Bancos

Measuring monetary policy stance in Brazil

Céspedes, Brisne J. V.; Lima, Elcyon Caiado Rocha; Maka, Alexis; Mendonça, Mario Jorge Cardoso de; Silveira, Marco Antônio da (Colaborador);


Sistema Monetário. Finanças. Bancos: Livros.

Publicado em: Jan-2015


Measuring monetary policy stance in Brazil

Neste artigo utiliza-se a teoria das previsões condicionais para o desenvolvimento de um novo Índice de Condições Monetárias [Monetary Conditions Index (MCI)] para o Brasil, comparando-o com os índices obtidos seguindo as metodologias sugeridas por Bernanke e Mihov (1998) e Batini e Turnbull (2002). Adicionalmente, desenvolvem-se e calculam-se intervalos de confiança bayesianos para os MCIs, empregando-se a abordagem proposta por Sims e Zha (1999) e Waggoner e Zha (1999). O novo indicador desenvolvido é chamado de Índice de Condições Monetárias Condicional [Conditional Monetary Conditionals Index (CMCI)], e é construído utilizando-se alternativamente os modelos de Auto-regressão Vetorial Estrutural [Structural Vector Autoregressions (SVARs) e Antecipativo [Forward-Looking (FL). O CMCI é a previsão do hiato do produto, condicionada aos valores observados da taxa de juros nominal (taxa Selic) e da taxa de câmbio real. Mostra-se que o CMCI, comparado ao MCI desenvolvido por Batini e Turnbull (2002), é um melhor indicador do estado da política monetária porque leva em consideração a endogeneidade das variáveis envolvidas na análise. O CMCI e o MCI Bernanke-Mihov (BMCI), apesar das diferenças conceituais, estabelecem uma cronologia semelhante para o estado da política monetária no Brasil. O CMCI é uma versão suavizada do BMCI, provavelmente porque o impacto de mudanças nos valores observados da taxa Selic é parcialmente compensado por mudanças no valor da taxa de câmbio real. De acordo com o CMCI e o BMCI, no período entre setembro de 2000 e abril de 2005, a política monetária brasileira tem sido expansionista nos meses próximos às eleições.

MAIS DETALHES * Abrirá no Repositório do Conhecimento do Ipea, em nova página.

Arquivos

Arquivo Descrição Formato Tamanho Acesso
DiscussionPaper_160.pdf Adobe PDF 623.30 KB visualizar


Reportar Erro
Escreva detalhadamente o caminho percorrido até o erro ou a justificativa do conteúdo estar em desacordo com o que deveria. O que deveria ter sido apresentado na página? A sua ajuda será importante para nós, obrigado!

Form by ChronoForms - ChronoEngine.com