Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 0739 - Uma Avaliação dos Impactos do Salário Mínimo sobre o Nível de Pobreza Metropolitana no Brasil

Miguel N. Foguel, Carlos Henrique Corseuil, Ricardo Paes de Barros e Phillippe G. Leite / Rio de Janeiro, junho de 2000

O objetivo deste trabalho é estimar os impactos dos aumentos recentes no salário mínimo sobre o grau de pobreza do conjunto das seis principais regiões metropolitanas brasileiras. Fazendo uso dos dados longitudinais da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do IBGE, empregamos uma metodologia que decompõe as variações no grau de pobreza entre pares de meses próximos aos aumentos do salário mínimo ocorridos em maio dos anos de 1995, 1996, 1997 e 1998. Com base nessa decomposição, procuramos identificar a parcela das variações no grau de pobreza que poderia ser atribuída aos aumentos do salário mínimo. Os resultados obtidos mostram que os aumentos recentes do salário mínimo tiveram um impacto significativo sobre o grau de pobreza metropolitano. A elasticidade média para o período analisado foi de cerca de ?0,4, mostrando que um aumento de 10% no valor do salário mínimo reduziria o grau de pobreza em aproximadamente 4%.

 

acesseAcesse o documento (102.11 Kb)             


Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea