Facebook Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr SoundCloud
noticias

24/06/2022 12:00
td-banner

TD 2772 - Distribuição Espacial de Características Sociodemográficas e Localização de Empregos e Serviços Públicos Das Vinte Maiores Cidades do Brasil.

Rafael H. M. Pereira, Daniel Herszenhut, Carlos Kauê Vieira Braga, João Pedro Bazzo, João Lucas Albuquerque Oliveira, João Pedro Parga, Marcus Saraiva, Luiz Pedro Silva, Diego Bogado Tomasiello, Lucas Warwar / Brasília, junho de 2022  

 

Dados sobre características sociodemográficas da população brasileira e de localização de empregos e serviços públicos nas cidades do país são fundamentais para o desenvolvimento de diversas pesquisas e políticas públicas. No entanto, esses dados no Brasil muitas vezes são de difícil acesso, ou são disponibilizados em resoluções espaciais conflitantes, e exigem uma grande capacidade computacional para seu processamento adequado. Este texto para discussão apresenta a base de dados sociodemográficos e uso do solo criada no Projeto Acesso a Oportunidades, bem como descreve os métodos utilizados em seu desenvolvimento. A base de dados consiste em uma grade de hexágonos de alta resolução (área 0.11 km2) que agrega as informações sobre a distribuição espacial da população (segundo idade, sexo, renda, cor/raça), de empregos e de serviços públicos, como escolas (nível infantil, fundamental e médio), estabelecimentos de saúde (serviços hospitalares e ambulatoriais de baixa, média e alta complexidade) e centros de referência de assistência social (Cras). Nesta versão, a base de dados traz essas informações para as maiores cidades do Brasil. Esta base é publicamente disponibilizada pelo Ipea pelo site do Projeto Acesso a Oportunidades e por meio do pacote de R aopdata. Espera-se que este trabalho facilite que pesquisadores e gestores públicos possam mais facilmente acessar e utilizar dados de alta qualidade nos processos de tomada de decisões de planejamento e política públicas.

Palavras-chave: dados populacionais; empregos; hospitais; escolas; assistência social; serviços públicos; cidades; Brasil.

The development of several policies and research projects rely on data on the population socioeconomic characteristics and on the spatial distribution of economic activities and public services. Nonetheless, these data in Brazil are often difficult to access, require large computational power to process or come in different spatial resolutions. This study introduces the sociodemographic and landuse data set created in the Access to Opportunities Project, and describes in detail the methods used to create it. This data set consists in a hexagonal grid of high spatial resolution (area 0.11 km2) that aggregates information on the spatial distribution of the population (by age, sex, income and race), jobs and public services including schools (early childhood, primary and high school), public health services (low, medium and high complexity medical care) and referral centers for social assistance services. This edition of the data set covers the twenty largest cities in Brazil. The data is made publicly available by Ipea through the Access to Opportunities Project website and through the R package aopdata. We hope this work will help researchers and policy makers to more easily access high-quality data and use it in the decision-making processes involved in research and policy planning.

Keywords: population data; employment data; healthcare; schools; social assistance; public services; cities; Brazil.

 

  acesseAcesse o sumário executivoacesseAcesse o documento (5 MB)

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada


Política de Privacidade
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação