Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr SoundCloud
19/10/2021 00:00
td-banner

TD 2700 - Um Panorama do Trabalho Remoto no Brasil e Nos Estados Brasileiros Durante a Pandemia Da Covid-19

Geraldo Sandoval Góes, Felipe dos Santos Martins e José Antônio Sena Nascimento / Brasília, outubro de 2021    

Este estudo investiga o trabalho remoto potencial e efetivo no Brasil em 2020. Utilizando-se de informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua e metodologia elaborada na literatura internacional e adaptada para o país é estimado o potencial de ocupações passíveis de serem realizadas de forma remota. Somado a isso, com base na PNAD Covid-19 para diferentes meses, é construído um retrato sobre o perfil da pessoa efetivamente exercendo sua atividade laboral de forma remota devido à pandemia da covid-19 no Brasil. Ademais, é estimado um modelo identificando os principais componentes correlatos ao trabalho remoto. Os resultados mostram que, apesar de cerca de um quinto dos trabalhadores estar em ocupações passíveis de serem realizadas de forma remota, apenas pouco mais de 10% efetivamente trabalharam de forma remota. Por fim, o estudo aponta que a escolaridade é a variável individual mais correlacionada com a probabilidade de trabalho remoto no país.

Palavras-chave: trabalho remoto; mercado de trabalho; pandemia covid-19.

This study investigates the potential and effective remote work in Brazil in 2020. Using information from the Continuous PNAD and methodology developed in the international literature and adapted for the country, the potential of occupations that can be carried out remotely is estimated. Added to this, based on the PNAD Covid-19 for different months, a portrait of the profile of the person effectively exercising their labor activity is constructed remotely due to the covid-19 pandemic in Brazil. Furthermore, a model is estimated identifying the main components correlated to home office. The results show that although about a fifth of the workers are in occupations that can be performed remotely, just over 10% actually worked remotely. Finally, the study points out that education is the individual variable most correlated with the probability of remote work in the country.

Keywords: home office; labor market; covid-19 pandemic.

 

  acesseAcesse o sumário executivoacesseAcesse o documento(126 KB)acesseTabela 8acesseTabela 9

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação