Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr SoundCloud
31/08/2021 11:24

Negro tem 2,6 vezes mais chance de ser assassinado no Brasil, diz Atlas da Violência


Entre 2009 e 2019, as taxas de homicídio caíram 20,3% no País, mas para pretos e pardos a queda foi menor, de 15,5%

SÃO PAULO - Um negro tem 2,6 vezes mais chance de ser assassinado no Brasil do que as outras pessoas. Na maior parte dos casos de homicídio, a vítima também é jovem. Os dados constam do Atlas da Violência 2021, estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em parceria com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), divulgado nesta terça-feira, 31.

Saiba mais

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação