Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 0549 - O Setor Serviços no Brasil: Uma Visão Global - 1985/95

Hildete Pereira de Melo / Rio de Janeiro, março de 1998

O objetivo do trabalho é estudar o processo de terciarização da economia brasileira no período 1985/95, analisando-o sob a ótica da renda e do emprego. Para a análise da renda utilizou-se a matriz de insumo-produto para os anos de 1985, 1990 e 1992 e as contas nacionais de 1970 a 1995, enquanto para o emprego usaram-se as informações da PNAD/IBGE para o período considerado. O trabalho conclui que: a) não há evidência de existência da doença de custos para o caso nacional; b) não se confirma, para o período analisado, a hipótese de Gershuny de crescimento superior dos serviços intermediários; ao contrário, há uma tendência maior de crescimento dos serviços finais; c) o setor Serviços apresentou a maior contribuição, absoluta e relativamente, ao aumento dos postos de trabalho; e d) de maneira geral, esta expansão esteve concentrada em atividades caracterizadas pela baixa qualidade dos postos de trabalho.

 

acesseAcesse o documento (201.05 Kb)         

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea