Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr SoundCloud
17/05/2021 09:32

Remédios e alimentos fazem mais pobres sentirem mais a inflação, diz Ipea

A alta nos preços dos medicamentos e dos alimentos fez a inflação dos mais pobres encerrar o mês de abril duas vezes maior que a dos mais ricos, segundo dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou uma desaceleração da pressão inflacionária na passagem de março para abril em todas as faixas de renda, interrompendo a tendência de crescimento sentida por dois meses consecutivos. No entanto, o alívio foi menor entre as famílias mais pobres, com renda domiciliar inferior a R$ 1.650,50, a variação dos preços passou de 0,71% em março para 0,45% em abril.

Saiba mais

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação