Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
01/04/2021 10:00

Ipea aponta queda de 15,9% nos investimentos em janeiro


Indicador de Formação Bruta de Capital Fixo avançou 23,5% no trimestre móvel encerrado no primeiro mês do ano

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada divulgou nesta quinta-feira (1º) o Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), que registrou recuo de 15,9% em janeiro deste ano, frente a dezembro de 2020. O resultado sofreu influência da base de comparação elevada, devido à forte alta observada em dezembro, explicada pela importação de plataformas de petróleo e outros bens de capital de apoio à prospecção e extração de petróleo e gás natural. Apesar disso, no trimestre móvel terminado em janeiro houve avanço de 23,5%, e na comparação com janeiro do ano passado o indicador apresentou alta de 6,1%.

O Indicador de Formação Bruta de Capital Fixo mede os investimentos no aumento da capacidade produtiva da economia e na reposição da depreciação do estoque de capital fixo. A FBCF é composta por máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos. Em janeiro, o consumo aparente de máquinas e equipamentos caiu 37,1%, apesar da alta de 53% no trimestre móvel. Enquanto a produção de máquinas e equipamentos destinados ao mercado interno apresentou estabilidade, com pequeno recuo de 0,3%, a importação teve queda de 40,5% no mês.

Os investimentos em construção civil cederam 0,2% em janeiro, após oito altas consecutivas. Dessa forma, o segmento avançou 2,4% no trimestre móvel. O desempenho positivo foi generalizado na comparação com janeiro de 2020: altas de 4,3% no componente “máquinas e equipamentos”, 3,8% na construção civil e 18% nos “outros ativos fixos”.

Acesse a íntegra do indicador


Assessoria de Imprensa e Comunicação
21 99959-2001 / 21 98556-3093
61 99427-4553
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação