Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
30/03/2021 20:14

Webinar debate relações entre a China e a América Latina


Especialistas do México, Colômbia e Chile apresentaram artigos selecionados da Revista Tempo do Mundo

As relações entre a China e os países da América Latina foram tema de um seminário virtual realizado nesta terça-feira (30), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O evento reuniu palestrantes do México, Colômbia e Chile, que apresentaram três dos 15 artigos publicados no número 24 da Revista Tempo do Mundo (RTM), lançada há um mês pelo Ipea. A iniciativa da Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais (Dinte) do Instituto teve o objetivo de promover o debate, a partir de diferentes visões latino-americanas sobre as relações desse bloco com aquele país oriental.

O diretor-adjunto da Dinte, José Eduardo Malta de Sá Brandão, que participou da abertura do seminário, destacou que as relações com a China ainda são um tema pouco explorado e se encaixa na proposta editorial da RTM, que não se limita à discussão acadêmica, mas pretende elevar o debate sobre avaliação e propostas de políticas públicas. Brandão lembrou que esse foi o segundo seminário sobre o tema, sendo o primeiro com especialistas brasileiros que abordaram as relações Brasil e China. Ao final do evento, Brandão anunciou a realização de um novo webinar, no próximo dia 14 de abril, sobre “Transformações Geopolíticas e Econômicas no Mundo na Atualidade”.

O professor da Universidade de Economia e Negócios Internacionais (Uibe), de Pequim, e coordenador do número 24 da RTM, Liu Jia, enviou um vídeo, pois está na China e o fuso horário do evento não permitiu sua participação on-line. Segundo ele, a iniciativa do Ipea por meio da RTM é um avanço no sentido de possibilitar o fortalecimento do intercâmbio e a cooperação entre China e América Latina. Disse também que espera que mais autores chineses possam publicar estudos no Brasil. O editor da RTM e coordenador do seminário, Pedro Silva Barros acrescentou que esse número da revista conta com um artigo de dois autores chineses. Ele espera publicar a versão chinesa desse número da RTM nos próximos meses.

O professor do Tecnológico de Monterrey (México), Daniel Lemus-Delgado, expôs seu artigo “China e América Latina sob o mesmo céu? Tianxia e relações internacionais”, a partir da proposta teórica do sistema Tianxia, referência para compreensão das relações com a China e que, segundo ele, propõe o mundialismo como solução para a falta de um governo global, e que amplie os horizontes da cooperação entre países para tratar, por exemplo, da pandemia da Covid-19. “Apesar das limitações implícitas da abordagem teórica de Tianxia, sua grande contribuição é que ela permite explorar outras perspectivas teóricas, para expandir as possibilidades de entender cenários globais, além dos paradigmas dominantes das relações internacionais”, assinala Lemus-Delgado em suas conclusões.

O professor Lorenzo Maggiorelli, da Universidade de Bogotá Jorge Tadeo Lozano, na Colômbia, sintetizou seu artigo sobre a cooperação entre China e América Latina e Caribe. Ele analisou a ajuda da China ao desenvolvimento e os empréstimos chineses a países da região, destacando-se principalmente a Venezuela, que paga sua dívida em petróleo a preço de mercado. Maggiorelli analisou também a evolução histórica dos programas de ajuda chineses para a região, que começou com Cuba, nos anos de 1970, e as motivações que ampliaram a cooperação da China com a América Latina e o Caribe. Diferentemente da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), a China coloca condicionalidades da ajuda a exemplo de democracia, direitos humanos, evitar corrupção, entre outras.

Acesse a íntegra do Webinar e confira as apresentações dos palestrantes, que se completam com a do professor Diego Telias, da Pontifícia Universidade Católica de Chile, que apresentou sua análise sobre os fóruns China-Celac (América Latina e Caribe) e China-CEEC (Europa Oriental e Central). Participaram como debatedores os pesquisadores visitantes da Dinte/Ipea Ana Garcia e Cláudio Puty. Garcia é professora de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e coordenadora do BRICS Policy Center. Já Puty é professor da Universidade Federal do Pará e professor visitante do BRICS Center da University of International Business and Economics (Pequim,China). Ele coordenou o número 24 da RTM junto com Liu Jia.

Assessoria de Imprensa e Comunicação
61 99427-4553
61 2026-5136 / 5240 / 5191
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação