Facebook Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr SoundCloud
2020-6-30 divida_economica_1

CONHEÇA A REVISTA PPE

A Revista Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE), editada pelo Ipea, tem por objetivo a difusão de estudos teóricos e empíricos sobre questões relacionadas à economia brasileira. A PPE tem periodicidade quadrimestral, sendo publicada nos meses de abril, agosto e dezembro.

A PPE conta com um Corpo Editorial composto por um editor, três coeditores, e 16 membros ordinários. Dos membros do Corpo Editorial, 8 (oito) são técnicos lotados no Ipea, denominados membros internos, e 12 (doze) são membros da comunidade acadêmica não lotados no instituto nem pertencentes ao quadro de funcionários, denominados membros externos. O Corpo Editorial tem como responsabilidades definir a política editorial da Revista e decidir sobre aspectos do funcionamento da Revista não explicitados no Regulamento Interno.

Cada artigo recebido pela revista é avaliado pelo Corpo Editorial com o auxílio de dois pareceristas, escolhidos pelo editor ou pelos coeditores. O trabalho dos pareceristas é feito observando o método duplamente cego: o autor não sabe quem são os pareceristas, nem eles quem é o autor. Dessa análise pode resultar a aceitação do artigo, condicionada, ou não, à realização de alterações; a sua rejeição, com ou sem a recomendação de nova submissão após modificações; ou a sua rejeição definitiva. No caso de uma segunda submissão, o artigo deve ser novamente avaliado por pareceristas, podendo vir a ser enquadrado em qualquer das situações acima. A rotina de análise se repete até que uma decisão final de rejeição ou aceitação seja alcançada.

A PPE teve início em 1971. Desde então, foram publicados mais de 1.000 estudos sobre uma ampla gama de temas relacionados à economia brasileira. A revista tem sido reconhecida como um dos mais respeitados canais de divulgação do conhecimento científico em economia no Brasil, sendo indexada pelas mais importantes publicações de referência internacionais, e ocupando o nível mais alto na classificação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) (Qualis) para as revistas brasileiras de economia.

Ao longo desses anos, os trabalhos publicados na PPE vêm desempenhando uma importante contribuição para o melhor entendimento dos problemas econômicos brasileiros, oferecendo subsídios para a formulação de políticas públicas mais eficientes, ou mesmo apresentando propostas para a implantação dessas políticas.

Voltar -

 
 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada


Política de Privacidade
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação