Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr SoundCloud
14/01/2021 13:28

Relatório de Pesquisa

Identificação e Caracterização das Relações Interfederativas - Região Metropolitana de Porto Alegre - Componente A

Interfaces com a construção da PNDU

icon pdf Acesse o PDF      

Os arranjos de gestão metropolitana são componentes fundamentais para uma governança mais sensível às necessidades políticas, econômicas e sociais desses espaços tão complexos. Na região metropolitana (RM) de Porto Alegre, observam-se, desde o final dos anos 1990, a criação e a transformação de suas estruturas de gestão, adequando-se às transformações políticas do país, ou até mesmo do próprio estado. Apesar da ampliação do número de municípios incorporados à região, que passaram de quatorze para os atuais 34 municípios,1 não se verificou a consolidação ou o fortalecimento da governança metropolitana. Não houve avanços para incorporar as diretrizes estabelecidas pelo Estatuto da Metrópole (EM), instituídas desde 2015

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação