Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr SoundCloud
12/01/2021 19:55

Nota Técnica - 2021 - Janeiro - Número 79 - Diset

Implementação da Tecnologia 5G no Contexto da Transformação Digital e Indústria 4.0

 

Autor: Robert Spadinger

 

icon pdf Acesse o PDF (3 MB)      

O mundo das telecomunicações, da tecnologia da informação e da mídia continua convergindo e influenciando de todas as formas o comportamento das pessoas, das empresas e dos governos. A internet, mais do que nunca, está em todos os meandros de nossas vidas, desde uma simples chamada telefônica, passando por processos internos e controle de empresas, até influenciando e decidindo eleições, sendo a mais poderosa alavanca de transformação da sociedade, responsável por produzir mudanças econômicas, sociais, políticas e culturais em todo o mundo.

O setor de telecomunicações continua sendo fundamental para qualquer país e deve ser visto de forma diferenciada, uma vez que os serviços oferecidos são essenciais para a geração de valor da atual e das futuras gerações. Os desenvolvimentos acontecem de forma tão acelerada que já nem sabemos como era viver sem estes desenvolvimentos, mesmo que tenham acontecido há cerca de vinte anos somente. Hoje, grande parte da população usufrui de serviços móveis através de smartphones, vídeo sob demanda ou internet de alta velocidade por meio de fibras ópticas. Ainda assim, há muito por se fazer, principalmente no que tange à melhoria dos serviços com cobertura adequada.

Se, por um lado, novas tecnologias oferecem novas oportunidades e novos negócios, por outro lado, a própria dinâmica do mercado mostra que algo tem que ser feito em termos regulatórios, para que a infraestrutura seja de fato construída e todos consigam usufruir dela. O negócio telecomunicações mudou muito nos últimos anos. Enquanto inicialmente as empresas de telecomunicações traziam a todos os serviços pela primeira vez e cresciam ano após ano, hoje em dia elas lutam para manter as demandas cada vez maiores e se reinventam constantemente. Neste período, muitas operadoras e fornecedores deixaram de existir, sendo engolidos ou engolindo outros no processo, parte do negócio diriam uns, porém a uma velocidade não vista anteriormente. A demanda por tráfego cresce continuamente, de forma mais acelerada do que os investimentos das operadoras conseguem ser viabilizados.

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação