Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
24/11/2020 17:37

Número de universitários negros aumenta, mas ainda está longe do ideal


O perfil e o acesso de negros e pardos nas instituições de ensino superior estão mudando, mas permanecem longe do ideal. É o que mostra estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Dados apontam um crescimento de 25% entre 2009 e 2015, enquanto a presença na população total foi ampliada em 5%. Os detalhes com o repórter Pedro Pincer.

Saiba mais

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente – Assessoria de Imprensa e Comunicação