Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr

Início » Noticias Escondidas » Escondidas


04/06/2020 12:14

Viver plenamente o momento presente ajuda a reduzir a ansiedade

Confira as dicas do psicólogo comportamental Gabriel Zeini para aliviar as tensões durante a pandemia

O melhor remédio para combater o estresse e a ansiedade, em especial neste tempo de pandemia, é viver o momento presente e aceitar o imprevisível. É o que ensina o psicólogo comportamental Gabriel Zeini. “A tentativa excessiva de ter o controle das coisas já é um agente estressor. Quando percebemos que não temos o domínio de tudo, isso causa angústia, frustação e impotência”, afirma.

É preciso esforço e dedicação para nos mantermos no momento presente, uma vez que nosso cérebro é projetivo e nos remete para aspectos passados e futuros. A meditação conhecida como mindfulness (ou atenção, consciência plena) pode ser um bom caminho.  “É uma técnica que gera plenitude no presente e pode ter como efeito o relaxamento. Implica em você estar atento à sua respiração, aos seus estados corporais, ao foco no momento”, explica.

Atividades como a yoga também são recomendadas. Adepta dessa prática há três anos, a pesquisadora do Ipea Joana Alencar conta que a consciência do próprio corpo, com alongamentos e exercícios de respiração, faz muita diferença na redução da ansiedade. “Um dos primeiros sinais que o corpo mostra, quando a inquietação está elevada, é uma respiração curta. Passei mais de um ano com a respiração assim e só consegui normalizá-la com a prática de yoga e os exercícios respiratórios”, compartilha. Neste período de isolamento, Joana acompanha as aulas de yoga online.

Além da consciência corporal e do foco no presente, o psicólogo Zeini aconselha a todos que busquem ter uma rotina produtiva, refazer os hábitos, incluir a apreciação da arte em suas várias formas e manter o contato social, aproveitando os meios tecnológicos. Outra dica para aliviar o estresse é evitar a sobrecarga de informações - principalmente relacionadas ao novo coronavírus - no final do dia, quando a mente tende a estar em um nível mais elevado de ansiedade.

Ele indica, ainda, a psicoterapia como aliada para promover o autoconhecimento e a aceitação. Vale lembrar que a ajuda profissional de psicólogos e psiquiatras pode ser realizada inclusive de maneira remota. Cuide-se e encare esta fase como uma oportunidade de crescimento.

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea