Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
noticias
20/12/2019 17:37

Automação pode impactar 56% dos empregos formais no país, revela pesquisa


Estudo do Ipea avalia impacto das novas tecnologias no mercado de trabalho nos próximos cinco anos. Indicadores são apresentados no 61º Boletim Radar.

As tarefas ocupacionais do mercado de trabalho formal brasileiro poderão sofrer profundo impacto com o avanço das novas tecnologias nos próximos cinco anos. O diagnóstico faz parte do estudo inédito elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A pesquisa prevê que até 56% das ocupações de emprego formal no Brasil deverão ser afetadas pelo processo de automação em decorrência das novas tecnologias, além de poderem sofrer eventuais ameaças de extinção.

A pesquisa faz parte do 61º boletim Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior. A análise teve como metodologia uma abordagem inovadora para classificar as ocupações com maior risco de automação ao considerar a importância (dada pela frequência) e a relevância das tarefas desempenhadas em cada ocupação. Os pesquisadores consideraram tecnologias já consolidadas e passíveis de implantação do ponto de vista regulatório num prazo de até cinco anos no cenário brasileiro.

O estudo foi elaborado pelo técnico de Planejamento e Pesquisa Luis Kubota, em parceria com Aguinaldo Nogueira Maciente. Os autores pretendem atualizar as estimativas com novos estudos sobre a dinâmica do emprego no país durante os próximos anos, incrementando a base de dados. Segundo Kubota, o estudo confirma o processo de "lenta adequação do mercado de trabalho brasileiro diante do avanço das novas tecnologias".

O artigo apresenta ainda no diagnóstico que o país precisa se preparar não apenas para a continuidade da substituição de algumas ocupações já em declínio, mas também para o início da adequação de ocupações que foram importantes para o crescimento do emprego nos últimos quinze anos. A pesquisa ressalta que o debate sobre as novas tecnologias digitais e geração de emprego é uma das questões preponderantes do atual cenário econômico no país na perspectiva das transformações no mercado de trabalho.

O 61º boletim Radar aborda ainda temáticas relevantes sobre a reflexão sob o olhar do impacto das tecnologias na sociedade. A publicação traz um capítulo dedicado às previsões e inovações para 2020, além da importância do Centro para Tecnologia e Sociedade (ZTG). O boletim também apresenta a resenha do livro Encomendas Tecnológicas no Brasil: Guia Geral de Boas práticas.

Leia aqui o Boletim Radar

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea