Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
15/04/2010 16:05

Ipea realizou curso de Macroeconomia no Recife 
Aulas ocorreram de 12 a 15 de abril, na FUNDAJ. Claudio Roberto Amitrano, da Dimac encerrou o evento com palestra aberta ao público

O curso Macroeconomia e Desenvolvimento no Recife foi promovido e organizado pela Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com Centro Internacional Celso Furtado, e com o apoio da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), Conselho Regional de Economia (CORECON) e Fundação Maurício Grabois. O encontrou ocorreu dos dias 12 a 15 de abril no Recife, na sala Aluísio Magalhães, na FUNDAJ (Rua Henrique Dias, 609, Derby). Esta foi a sétima edição do curso, que já passou por Salvador, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa e Belém do Pará (duas edições). No total, cerca de 175 pessoas já participaram de todas as edições.
 
As disciplinas - Macroeconomia e Desenvolvimento Econômico - foram apresentadas em duas partes. O doutor em economia e técnico de planejamento e pesquisa do Ipea Victor Leonardo de Araujo apresentou a macroeconomia e sua análise no enfoque keynesiano. Numa primeira parte, foram explicados os determinantes do comportamento do PIB e do emprego, enfatizando o papel da política econômica nesse processo, considerados os três principais instrumentos: a política fiscal, a política monetária e a política cambial. Na segunda parte, foi analisada a condução dos três instrumentos no caso brasileiro, ressaltando sua inadequação a um projeto de desenvolvimento de longo prazo.
 
O tema Desenvolvimento Econômico foi ministrado pelo professor adjunto da Universidade Federal Fluminense (UFF) Carlos Pinkusfeld, tomando por base a perspectiva histórica desde a Revolução Industrial e as experiências de desenvolvimento de América Latina e Ásia. A perspectiva teórica foi debatida em duas partes: as principais correntes do pensamento econômico; a economia do desenvolvimento e a Cepal.
 
Nesta quinta-feira, 15, Claudio Roberto Amitrano, da Dimac encerrou o curso com uma palestra aberta ao público, às 18h30. O curso foi destinado a estudantes de economia a partir do 6° período, estudantes de curso de pós-graduação em economia e profissionais de instituições parceiras. A avaliação será enviada a cada participante por e-mail e deve ser respondida e entregue até esta sexta-feira, dia 16, na Prefeitura, que a encaminhará aos professores. Os certificados serão conferidos a todos que alcançaram 75% de participação e aprovação nas avaliações.

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea