Cresce otimismo do brasileiro sobre a economia do País

  
Cresce otimismo do brasileiro sobre a economia do País
 
Informação é do IEF, indicador do Ipea que reflete a expectativa das famílias brasileiras para a economia
 
Os brasileiros estão mais otimistas em relação à situação socioeconômica do País. O Índice de Expectativas das Famílias (IEF) de novembro cresceu 3,5% em relação ao do mês anterior. A quarta edição do IEF foi lançada pelo Ipea nesta segunda-feira, 6 de dezembro, às 14h30, na sede do Instituto em Brasília (SBS, quadra 1, bloco J, edifício Bndes/Ipea, auditório do subsolo).
 
O indicador também mostra que a região mais otimista continua sendo o Centro-Oeste, seguido pelo Sul. O Sudeste saiu da condição de região menos otimista e subiu do quinto para o terceiro lugar, seguido pelo Nordeste. O Norte passou à quinta posição, de menor otimismo entre as regiões.
 
O lançamento foi feito pelos assessores técnicos da Presidência do Ipea Milko Matijascic e Sandro Sacchet, em entrevista coletiva. O evento teve transmissão ao vivo, pela internet, para todo o Brasil.
 
IEF
Lançado em agosto, o índice aborda a expectativa das famílias nos quesitos situação econômica nacional; condição financeira passada e futura; decisões de consumo; endividamento e condições de quitação de dívidas e contas atrasadas; e mercado de trabalho, especialmente nos quesitos segurança na ocupação e sentimento futuro de melhora profissional.