Ciência. Pesquisa. Metodologia. Análise Estatística

Mestrado Profissional do Ipea obtém nota elevada em avaliação da Capes

Os quesitos que tiveram melhor desempenho foram “programa” e “impacto na sociedade”

No quadriênio 2017-2020, o Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Desenvolvimento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) obteve uma nota mais alta na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O curso passou a ser considerado “muito bom” nos quesitos programa e impacto na sociedade e “bom” no quesito formação. Dessa forma, o conceito do programa foi elevado de 3 para 4, em uma escala até 5. Não é possível subir mais de um nível conceitual em uma única avaliação quadrienal da Capes. 

A Comissão de Área ressaltou que o programa de pós-graduação do Ipea “possui inserção nacional, liderança, projeção e visibilidade que o colocam em uma posição de destaque entre os programas profissionais na área de economia”. Em termos relativos, os dados da Capes revelam que o Mestrado Profissional do Ipea ficou em 5° lugar nacional entre os programas de pós-graduação e em 7° entre os que mais publicaram artigos em publicações avaliadas com graus entre A1 e A3 no Qualis.

A cada quatro anos, a Capes, órgão do Ministério da Educação, avalia três quesitos gerais dos programas de pós-graduação: programa, formação e impacto na sociedade. A avaliação do programa foca na sua articulação, aderência e atualização das áreas de concentração, linhas de pesquisa, projetos em andamento e estrutura curricular, bem como a infraestrutura disponível, o perfil do corpo docente e o planejamento estratégico. 

O quesito relativo à formação analisa a qualidade e a adequação das dissertações, a qualidade da produção intelectual de discentes e egressos, o destino, atuação e avaliação dos egressos do programa, a qualidade das atividades de pesquisa e da produção intelectual do corpo docente. O último quesito avalia o impacto e o caráter inovador da produção intelectual, o impacto econômico, social e cultural do programa e sua internacionalização, inserção (local, regional, nacional) e visibilidade.

Mestrado do Ipea

A pós-graduação stricto sensu do Instituto representa uma oportunidade gratuita para servidores e empregados públicos federais, estaduais e municipais se capacitarem na formulação, implementação, monitoramento e avaliação de políticas públicas. As aulas da quinta turma do Mestrado Profissional do Ipea começaram na segunda-feira (12/9). Os participantes são 27 servidores de 20 instituições.

Assessoria de Imprensa e Comunicação

(61) 99427-4553
(21) 98556-3093
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.