Os Novos Bancos de Desenvolvimento: Independência conflitiva ou parcerias estratégicas?

Os Novos Bancos de Desenvolvimento: Independência conflitiva ou parcerias estratégicas?

Radar nº 43 - Fevereiro de 2016

O Brasil é sócio-fundador do Banco dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). De fato, o acordo formal de sua criação foi firmado pelos chefes de Estado dos cinco países na reunião de cúpula que teve lugar em Fortaleza, em 2014.

Essa condição naturalmente eleva as expectativas quanto a se conseguir acesso a montantes expressivos de financiamento desse banco para projetos em território nacional. Isso é verdade tanto para o Brasil quanto para os demais países participantes do BRICS.

Ainda não são de conhecimento público as condições impostas para os financiamentos feitos por esse banco, mas há expectativa de que as condicionalidades sejam distintas das cobradas por outros agentes financeiros já em operação.

Autor: Renato Baumann

   
icon pdf Acesse o artigo completo em PDF