Agroindústria no Brasil: um olhar sobre indicadores de porte e expansão regional

Agroindústria no Brasil: um olhar sobre indicadores de porte e expansão regional

Radar nº 31 - Fevereiro de 2014

A composição agropecuária-agroindústria é uma das principais atividades produtivas geradoras de impactos positivos sociais e econômicos do Brasil. Além de responder por 22% do produto interno bruto (PIB) do Brasil, a composição é a principal geradora de ocupações – com cerca de 16 milhões de postos de trabalho – e garante a segurança alimentar de 200 milhões de pessoas. Somada aos contínuos saldos positivos na balança comercial (acima de R$ 70 bilhões por ano), a agroindústria tem o porte dos setores de petróleo e gás e automobilístico, os maiores do país.

Devido ao grande porte da parcela industrial – em 2012, empregou mais de 3,2 milhões de pessoas, ou 34% de todos os postos de trabalho da indústria de transformação (IBGE, [s.d.]b)– Dallari (2012) considera que o Brasil deveria focar nesta atividade produtiva, tornando-a a primeira do mundo, visto que retoma concepção dos anos 1970. Por isto, é oportuno verificar se o país está caminhando neste sentido.

Autor: Gesmar Rosa dos Santos

   
icon pdf Acesse o artigo completo em PDF