REFORMA PREVIDENCIÁRIA NO LESTE EUROPEU: ATORES, ESTRUTURAS E PARADIGMAS

Katharina Müller

Resumo


Estimulados pela nova ortodoxia previdenciária, imposta sobretudo pelo Banco Mundial, vários países em processo de transformação econômica optaram, recentemente, por uma mudança parcial para um sistema de capitalização, reproduzindo, assim, os modelos de reforma latino-americanos. Medida tão radical desafia o conhecimento preestabelecido sobre  economia política da reforma previdenciária. O presente trabalho examina o surgimento de diferentes trajetórias de reforma previdenciária da Polônia e da Hungria, por um lado, e da República Tcheca, por outro, e procura identificar os determinantes que influenciam as escolhas de paradigmas na área de previdência social. Em particular, serão investigados quais fatores estruturais, institucionais e os relacionados aos atores explicam a reforma previdenciária radical.

Palavras-chave


REFORMA PREVIDENCIÁRIA, LESTE EUROPEU, ATORES, ESTRUTURAS, PARADIGMAS

Texto completo:

PDF