DÉFICIT NOMINAL ZERO: UMA AVALIAÇÃO CRÍTICA A PARTIR DO MODELO IS-MP

Cláudio Djissey Shikida, Ana Luiza Vieira Paiva, Ari Francisco de Araujo Júnior

Resumo


Neste artigo procura-se analisar dois pontos importantes levantados por Delfim Netto: a proposta de déficit nominal zero (DNZ) e a relação juros-câmbio sob um modelo teórico mais adequado à realidade brasileira pós-introdução do sistema de metas de inflação. Para isso, baseados nos trabalhos de Hsing (2005a, 2005b), estendemos o modelo de Romer (2005) com a inclusão de uma restrição orçamentária como a que foi proposta por Delfim. Os resultados sugerem que os efeitos da taxa de juros sobre a taxa de câmbio, no cenário proposto, não são tão claros quanto Delfim argumenta.


Texto completo:

PDF