UM MODELO DE LOCALIZAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO DE UM PÓLO DE ALTA TECNOLOGIA EM UMA REGIÃO SITUADA AO REDOR DE UMA MALHA DE TREM DE ALTA VELOCIDADE

Daniel Oliveira Cajueiro, Alexandre Xavier Ywata Carvalho, Gustavo Amaral Ferreira de Melo, Thyago Antônio de Moraes, Rodrigo Fontes Souto, Evandro Maciel

Resumo


Este artigo introduz um modelo de localização cuja principal diferença em relação à maioria daqueles já encontrados na literatura é a modelagem explícita da sinergia entre as atividades de um aglomerado industrial. O presente modelo é introduzido para estudar um problema real de alocação de empresas na região compreendida entre Brasília e Goiânia. Como grande parte dos modelos de localização, esse modelo é formulado como um problema de programação binária com as mesmas dificuldades computacionais presentes nos problemas de otimização combinatória. Ele é um problema do tipo NP-Árduo, isto é, computacionalmente muito difícil de ser resolvido através de algoritmos exatos; adicionalmente, possui uma não-linearidade explícita na função custo e, também, um conjunto de restrições dinâmicas (muda, dependendo da alocação escolhida) que impedem que parte dos desenvolvimentos recentes para programação linear binária possa ser usada. Dessa forma, propomos uma solução heurística para esse problema baseada em computação evolucionária. Finalmente, uma análise cuidadosa mostra o interesse prático da solução encontrada.


Texto completo:

PDF