THE RE-EMERGENCE OF SMALL ENTERPRISES. INDUSTRIAL REESTRUCTURING IN INDUSTRIALISED COUNTRIES

Franklin Dias Coelho

Resumo


O interesse pelas médias e pequenas empresas (MPEs) tem se renovado em função do processo de reestruturação econômica, sugerindo um debate sobre a natureza da maior participação deste setor na criação e geração de emprego. Entretanto, tem permanecido a dúvida sobre em primeiro lugar, se esta maior participação é real e confirmada por evidências empíricas, e, em segundo lugar, se o ressurgimento das MPEs é de natureza anticíclica ou haveria uma tendência aodeslocamento da produção e emprego para as unidades de pequeno porte. Os autores propõem, em sintonia com este debate, uma análise comparativa dos países industrializados, apresentando estudos de caso dos seis maiores países industrializados — França, República Federal da Alemanha, Itália, Japão, Grã-Bretanha e Estados Unidos — e um capítulo-síntese introdutório, sobre desenvolvimento nas estruturas e organizações de pequenas e médias empresas. Estes estudos fazem parte do projeto lançado em 1986 pelo Instituto Internacional de Estudos do Trabalho (IILS) no âmbito do  Programa de Nova Organização Industrial. O projeto cobriu, ainda, três pequenos países: Suíça, Noruega e Hungria. Os relatórios destes últimos países não foram incluídos no presente volume; foram publicados na série de textos para discussão do IILS. As estatísticas relevantes encontradas para estes países, especialmente aquelas que se referem a aspectos quantitativos do desenvolvimento de pequenas firmas, são, contudo, apresentadas no capítulo introdutório.

*Editado por Werner Sengenberger,Gary W. Loveman e Michael J. Piore. International Institute for Labour Studies. Genebra, 1994.

 


Palavras-chave


RE-EMERGENCE; SMALL ENTERPRISE; INDUSTRIAL REESTRUCTURING; INDUSTRIALISED COUNTRIES

Texto completo:

PDF