Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr

topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1597 - Internacionalização das Empresas Brasileiras no Mercado Argentino

Keiti da Rocha Gomes / Rio de Janeiro, março de 2011 

O crescente interesse das empresas brasileiras no mercado argentino tem despertado a atenção das duas economias acerca das implicações e das razões que estariam por trás desse fenômeno. Os dados recentes mostram uma tendência acentuada de elevação dos fluxos de investimento estrangeiro direto (IED) do Brasil na direção do país vizinho, seja via novas instalações produtivas seja por meio de recursos destinados a fusões e aquisições de companhias locais. Em 2008, o país registrou um aumento de 43% dos investimentos enviados para a Argentina em relação a 2007 e, desde 2005, tem respondido por mais de 25% do montante total de capitais estrangeiros envolvidos em operações de compra de corporações daquele país. Com essa preocupação, o presente texto traz algumas informações sobre a dinâmica de IED na América Latina e discute algumas das suas características, mostrando a evolução recente desses investimentos, principalmente nas duas economias. Várias razões, atreladas, sobretudo, às condições históricas colocadas para as empresas de ambos os países ao longo dos anos de 1990 explicam a persistência das posições diametralmente opostas assumidas por Brasil e Argentina no cenário dos fluxos regionais desses capitais.

The growing interest of Brazilian companies in the Argentine market has attracted the attention of the both economies on the implications and the reasons behind of this phenomenon. Recent data show a marked increased tendency flow of foreign direct investment (FDI) in Brazil toward the neighboring country, either through new production facilities or by resources for mergers and acquisitions of local companies. In 2008, Brazil recorded an increase of 43% of investment sent to Argentina and since 2005 has accounted for more than 25% of the total amount of foreign capital applied in purchasing of corporations in this country. With this in mind, this text provides some information about the movement of FDI in Latin America and discusses some. of its characteristics, showing the recent evolution of these investments mainly in the two mentioned economies. Several reasons, linked mainly to historical conditions placed for companies in the both countries during the 1990s explain the persistence of diametrically opposed positions assumed by Brazil and Argentina at the scene of the regional flows of these capitals.

 

acesseAcesse o documento (917KB)          

 

Surplus Labor and Industrialization</strong

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea