Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1578 - Emprego Público Nos Países Desenvolvidos: Evolução Histórica e Diferenças Nos Perfis

Fernando Augusto Mansor de Mattos / Brasília, fevereiro de 2011

O objetivo deste texto para discussão é analisar a evolução de indicadores de emprego público em alguns países desenvolvidos selecionados desde o final do século XIX, passando pelo século XX, com ênfase para o período após a Segunda Guerra Mundial, isto é, após 1945. A descrição do cenário internacional destaca o papel do emprego público na economia do pós-Guerra nos países europeus desenvolvidos, em especial na consolidação dos Estados de bem-estar social nestas nações. Neste estudo também é feita uma breve comparação com o Brasil, tanto em relação aos países capitalistas desenvolvidos quanto aos países latino-americanos, os quais possuem um padrão de organização social e de renda per capita mais próximos da realidade brasileira. A comparação internacional revelou que, de modo geral, nos países mais desenvolvidos, a participação do emprego público no conjunto do emprego é maior que nos países pouco desenvolvidos, assim como é mais elevado o peso relativo dos gastos com salários do setor público em relação ao produto interno bruto (PIB), e também em relação ao total do gasto público. As diferenças de perfil do emprego público não se devem apenas a aspectos econômicos e setoriais, mas também a fatores políticos, históricos, institucionais e sociais específicos de cada país.

This paper discusses the evolution of public employment data among different countries since the end of the nineteenth century and through the twentieth century, with special emphasis to the period after the Second World War (after 1945). i. The versions in English of the abstracts of this series have not been edited by Ipea`s editorial department. As versões em língua inglesa das sinopses (abstracts) desta coleção não são objeto de revisão pelo Editorial do Ipea. The description of the international socio-economic environment will stress the role played by public employment in the constitution of Welfare States, during post-WW II. This paper also makes a brief international comparison between the international case and the Brazilian, with respect to public employment. This comparison encompasses the European and other developed countries, and also of Latin American countries - which socioeconomic reality is closer to the Brazilian case. The international comparison shows that, in general, in the developed countries the public employment as a share of total occupation is higher than in underdeveloped countries. Moreover, in developed countries the ratio of public employment salaries to total of public expenditure (and in relation to the GDP - gross domestic product) is higher than in underdeveloped countries. Furthermore, it is argued that those quantitative indicators are only meaningful when examined together with other political, social and historical factors, as well as the economic and sectorial elements, that affect the level and the profile of public employment in each country.

 

acesseAcesse o documento (917KB)

Surplus Labor and Industrialization</strong


 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea