Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1454 - Fatores Locacionais e o Investimento Estrangeiro em Pesquisa e desenvolvimento: Evidências para o Brasil, Argentina e México

Fernanda de Negri e Mariano Laplane / Rio de Janeiro, dezembro de 2009

Este artigo tem o objetivo de avaliar se características específicas dos países receptores do investimento direto contribuem para explicar os investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) realizados por empresas estrangeiras. Para tanto, foram estimados modelos de seleção em dois estágios para explicar o investimento em P&D das empresas estrangeiras no Brasil, na Argentina e no México a partir do empilhamento dos microdados das pesquisas de inovação dos três países. Os resultados sugerem que o tamanho do mercado e o grau de interação existente entre empresas e instituições de pesquisa são fatores locacionais importantes para explicar os investimentos em P&D das empresas estrangeiras nesses países.

The aim of this paper is to analyze if specific characteristics of host countries contribute to explain foreign investment in research and development. We have estimated two step selection models to explain the decision and the level of R&D investment by multinational companies in Brazil, Argentina and Mexico. The innovation surveys in these three countries were pooled in order to do the estimations. The main results suggest that the size of the market and the interaction between firms and research institutes and universities are important locational factors explaining multinational companies investments in research and development.



acesseAcesse o documento (321.91 Kb)             

  

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea