Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1447 - Capital Estrangeiro e Diferenciais de Gênero nas Promoções: Evidências da Indústria de Transformação Brasileira

Danilo Coelho, Marcelo Fernandes e Miguel N. Foguel / Brasília, dezembro de 2009

Este texto examina se existe um efeito de teto de vidro na ascensão profissional das mulheres nas grandes empresas da indústria de transformação do Brasil. Em particular, verifica-se se o gênero importa no tempo necessário para se obter uma promoção para uma posição gerencial. Embora utilizem-se modelos paramétricos de tempo de falha acelerado na análise preliminar, os principais resultados do estudo dependem das estimativas de ranking parcial de um modelo semiparamétrico de duração que permite à censura ser dependente de covariadas. Verificou-se que, embora haja diferenciais de gênero nas promoções dentro das empresas nacionais, o mesmo não se aplica às empresas sob controle estrangeiro. Prestou-se também atenção a duas outras dimensões do progresso na carreira, a saber, crescimento salarial e probabilidade de promoção. Observou-se que os ganhos salariais após a promoção não contribuem para gerar diferencial de salário entre homens e mulheres nas empresas nacionais ou estrangeiras, apesar de as mulheres possuírem uma menor probabilidade de obterem uma promoção nas empresas nacionais e, em menor medida, nas empresas estrangeiras.

 


acesseAcesse o documento (250.67 Kb)            

   

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea