Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1413 - Alemanha: Mitos, Fatos e Desafios para o Século XXI

Licio da Costa Raimundo / Rio de Janeiro, julho de 2009

O texto trata da trajetória de desenvolvimento adotada pela Alemanha desde o imediato pós-guerra. Busca-se mostrar que muito do virtuosismo do arranjo econômico-social consubstanciado na economia social de mercado (ESM) alemã deve-se à posição particular da Alemanha frente aos interesses norte-americanos no contexto da guerra fria. Desta forma, foi possível que a Alemanha construísse uma economia sólida e uma sociedade justa, mesmo carente de um Estado forte. O fim da guerra fria desmontou os elementos centrais desse arranjo, conduzindo a Alemanha a um processo de reunificação e a um ingresso na União Europeia que solapou as bases da ESM e abriu caminho para a construção do que François Mitterrand chamou de "a Europa dos mercadores". A crise econômica, política e social pela qual passa a Alemanha na atualidade não é outra coisa que não o resultado desse percurso.

The text works with the German development way after the end of the Great War II. It`s sustained that the well-doing of the Social Market Economy is due to the particular moment of the Cold War and the specific role of Germany on it. It was possible for Germany built a strong economy and a fair society even in the absence of one strng State. After the fall of the Berlin Wall, Germany entered on the process of unification and came in the European Union putting end on the basis of the Social Market Economy and replacing it by what F. Mitterrand called once "the Europe of marchands". The present crisis is the reflect of this historical trajectory.

 

 acesseAcesse o documento (246,00 Kb)              

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea