Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 1303 - Radiografia da Indústria de Alimentos no Brasil: Identificação dos Principais Fatores Referentes à Exportação, Inovação e ao Food Safety

Júnia Cristina P. R. da Conceição / Brasília, setembro de 2007

O presente trabalho teve como objetivo identificar as características das empresas do setor de alimentos no que se refere às inovações tecnológicas, à exportação, ao emprego, e também à questão das novas exigências em relação aos produtos alimentares, associadas ao food safety. Inicialmente, foi feito um estudo exploratório da literatura e dos dados, procurando identificar quais os subsetores que mais inovam, e quais são as características de tamanho, escolaridade, esforço inovativo, entre outras, das empresas do setor de alimentos. Os principais resultados encontrados foram: i) os consumidores nacionais têm um papel importante na probabilidade das firmas nacionais inovarem; ii) as exportações não constituem um fator explicativo para inovação neste setor; e iii) o investimento em capital humano (educação) é importante para o aumento da probabilidade das firmas inovarem e exportarem. Um item também analisado no trabalho foi a questão da segurança, no sentido de alimento seguro. Neste item foi bem explorado o conceito de traceability e o importante papel desempenhado pelo consumidor. O estudo demonstrou que há ainda grande espaço para que as firmas do setor de alimentos melhorem seu desempenho, apontando que o percentual de adoção de inovações é ainda pequeno. No que se refere às exportações, identificou-se que as principais variáveis explicativas do potencial exportador das firmas do setor foram o tamanho da firma, os gastos com propaganda (diferenciação do produto), e a produtividade do trabalho. Por fim, no tocante a rotulagem e certificação, pôde-se constatar que estas passaram a ser fundamentais para a indústria de alimentos. Nesse sentido, estas indústrias devem fazer um esforço para se adequarem às normas e padrões aceitos em nível mundial, principalmente se quiserem participar do cenário internacional. Entretanto, deve ser ressaltado que tais características são cada vez mais importantes também para o mercado interno.

The present paper aims to identify some aspects of the firms at food sector related to technological innovations, exportation, employment and also questions related to food safety. At first, it was done a study with data, trying to identify which sub-sectors are most innovative and which are the main aspects that influence the innovative process. The main results are: the national consumers have an important role in the probability of national firms to make innovation, the exportation do not explain the probability to make innovation and the investment in human capital (education) is important to increase the firms probability to make innovative activities and to export. Another item that was also analyzed was the food safety, traceability and the important role played by national consumers. Finally, which concerns to questions relate to certification, this work concludes that these questions become very important for the food industry. In this sense, these industries should make an effort in order to attend international standards, mainly if they want to participate in the international scenario.
 


acesseAcesse o documento (171.76 Kb)         

     

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea