Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 1143 - Setores Exportador e Importador da África do Sul

Maria Helena Zockun / Brasília, dezembro de 2005

Visando a identificar prováveis complementaridades e desafios que possam subsidiar uma estratégia de aproximação comercial entre a África do Sul e o Brasil, este trabalho descreve as principais características dos setores exportadores e importador sul-africano, comparando-as com as do Brasil. Para tanto, traça o perfil socioeconômico dos dois países, as estruturas de suas correntes de comércio, seus perfis tarifários e os acordos comerciais em vigor em cada um deles. Descreve as características do fluxo de exportações dos dois países, aponta os principais mercados de destino, busca identificar as origens das vantagens comparativas de cada país, e mostra a distribuição da produção voltada às exportações no território de cada país. Descreve as características do fluxo de importações dos dois países, os mercados de origem das respectivas importações e busca identificara intensidade relativa de fatores na produção nacional equivalente às importações, a fim de confirmar a origem das vantagens comparativas de cada país. Descreve as características das empresas que atuam no mercado internacional dos dois países, a importância que o comércio internacional tem nas suas atividades, em que medida cada país está envolvido na produção global por meio da atuação de empresas estrangeiras em seu território, e outras características que distingam as empresas inseridas no comércio internacional das demais empresas do país. Analisa o atual intercâmbio comercial entre os dois países e procura avaliar o intercâmbio potencial à luz das características identificadas. Com base nas principais conclusões, sugere algumas ações que possam ser úteis no desenho da estratégia brasileira de aproximação comercial com a África do Sul.

To identify complementarities and challenges that can subsidize a strategy of commercial approach between Brazil and South Africa, the work describes the characteristics of the South African external sector, comparing them with the ones in Brazil. It traces the social and economic profile of the two countries, the structures of their international trade, their tariff profiles and the commercial agreements in work in each one. It describes the main markets of destination of their exports, the production factor in which their comparative advantages lay, and shows the spatial distribution of the local production directed to the external market. It describes the markets of origin of their respective imports and identifies the relative intensity of factors in the national production equivalent to the imports, to confirm the source of the comparative advantages of each country. It describes the characteristics of the companies which act in the international market, the importance of the international trade in its activities, the degree each country is involved in the global production through the performance of foreign companies in its territory. It analyzes the current commercial interchange between the two countries and evaluates the potential one. On the basis of the main conclusions, it suggests some actions that can be useful in drawing the Brazilian strategy of commercial approach with South Africa.

 

acesseAcesse o documento (430.30 Kb)          

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea