Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 1357 - Reservas Internacionais para o Brasil: Custos Fiscais e Patamares Ótimos

Christian Vonbun / Rio de Janeiro, setembro de 2008

Este artigo mostra o cálculo do nível ótimo de reservas internacionais para o Brasil no período entre o primeiro trimestre de 1998 e o de 2008, por meio da metodologia proposta por Jeanne e Ranciére (2006). São estimados os custos fiscais do ativo, bem como as economias e os custos fiscais desnecessariamente incorridos nos períodos em que as reservas observadas diferiram do nível ótimo, em diversos cenários. De acordo com os resultados obtidos, o nível de reservas observado recentemente no Brasil parece encontrar-se efetivamente acima do nível ótimo, sob diversos cenários e hipóteses alternativas para os principais parâmetros do modelo. Mantida a trajetória atual de rápido crescimento das reservas, os custos fiscais tendem a ser cada vez maiores para o governo e para os contribuintes.

This paper shows estimates of the optimal level of foreign reserves for Brazil between the first quarter of 1998 and the same trimester of 2008, by applying the Jeanne e Ranciére (2006) framework, using different scenarios. We also estimate the fiscal costs of holding this asset, as well as the eventual excessive costs or savings due to differences between the actual and the optimal reserves holdings, kept by the Brazilian Central Bank (BCB). Our results suggest that, under various alternative scenarios and assumptions regarding the model?s main parameters, the observed level of reserves in Brazil has become above the optimal level, thereby generating high and increasing costs for the Brazilian government and tax payers.

 

acesseAcesse o documento (178.41 Kb)             


Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea