Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 1239 - Os Termos de Troca para a Soja na Agricultura Brasileira

Rogério Edivaldo Freitas e Humberto Francisco Silva Spolador / Brasília, novembro de 2006

Neste trabalho, procurou-se discutir e identificar o desempenho da relação de troca da produção brasileira de soja entre 1989 e 2005. A soja foi o setor escolhido por conta de sua grande importância no conjunto da produção agropecuária nacional, seja no total da área colhida no país, por sua centralidade na produção de proteína animal, ou ainda por sua representatividade na conjuntura do setor externo da economia brasileira. Por meio de procedimentos econométricos do modelo Vetor Auto-Regressivo - Vector Auto Regression (VAR), foram identificadas variáveis centrais no sistema de equações que se relacionam à formação e à flutuação dos termos de troca domésticos do setor. Os resultados do estudo, por um lado, indicam a centralidade das importações mundiais (proxy da renda externa) e da taxa de câmbio para a explicação dos termos de troca do setor, e, sobretudo, colocam em discussão a sensibilidade do desempenho dos termos de troca do setor à definição de produtividade (física ou monetária) empregada. Nesse sentido, o texto utilizou-se de uma produtividade monetária média em termos reais, debatendo seus resultados diferenciados quando em comparação ao uso da produtividade física (t./ha).

The present work tried to debate and identify the performance of domestic terms of trade in the brazilian soybean production from 1989 to 2005. Soybean was chosen cause its importance so in the brazilian agriculture production as in the its representative role in Brazil´s external sector. Vector Auto Regression models were employeed to identify main variables releated to formation and oscilation of domestic sectoral terms of trade. The results show that world imports (proxy of external product) and exchange rate are very important to explain the domestic terms of trade in the brazilian soybean production. Moreover, the paper discusses the impact of different concepts of productivity on the performance of domestic terms of trade in this sector. It includes the use of a real monetary productivity concept, which results were compared to those produced when the physic (t./ha) productivity is used.

 

acesseAcesse o documento (178.41 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea