Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 0935 - Ensino Fundamental: Diferenças Regionais

Kaizô Iwakami Beltrão, Ana Amélia Camarano e Solange Kanso / Rio de Janeiro, dezembro de 2002

São expressivos os diferenciais regionais e por sexo nos níveis de escolarização da população brasileira. Isto se deve, em parte, às diferentes probabilidades de ingresso no sistema nas diferentes idades e também, à probabilidade de evasão (precedida ou não de repetência). Este trabalho mensura e descreve as taxas de acesso com aprovação e matrícula para séries selecionadas (1ª, 4ª, 5ª e 8ª) em dois estados localizados em duas regiões bastante diferenciadas do ponto de vista socioeconômico ,nomeadamente: Ceará e Rio de Janeiro. Esta parte refere-se ao ano de 1996 (último dado disponível com nível censitário). Além disso, mensura-se e descreve-se a evolução temporal das taxas máximas de aprovação e ingresso nos dois estados para as mesmas séries.

 

acesseAcesse o documento (443.47 Kb)          

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea