Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 1002 - Impactos das Empresas Estrangeiras Sobre o Comércio Exterior Brasileiro: Evidências da Década de 1990

Fernanda De Negri e Mariano f. Laplane / Brasília, dezembro de 2003

Durante os anos 1990, vários autores procuraram avaliar os impactos do processo de internacionalização produtiva da economia brasileira sobre o seu desempenho externo.Este trabalho pretende reproduzir e avaliar as evidências levantadas por tais autores durante a década e, por meio de uma análise de dados em painel, acrescentar novos elementos ao debate. A pergunta a ser respondida é se a origem do capital da firma(estrangeira ou nacional) é um determinante importante de sua propensão a exportar e a importar. Para isso, utilizaram-se microdados das empresas industriais brasileiras no período de 1996 a 2000 e foram controlados outros fatores capazes de influenciar o desempenho comercial das firmas. Os resultados obtidos apontam para a maior inserção comercial das empresas estrangeiras instaladas no país em relação às firmas domésticas,sendo essa inserção mais significativa (e mais expressiva) nas importações do que nas exportações. Esses resultados contradizem as expectativas iniciais de alguns autores de que a maior presença de empresas estrangeiras pudesse resultar automaticamente em melhor desempenho comercial do país durante a década em questão.

 

acesseAcesse o documento (178.41 Kb)         

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea