Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 0932 - Liberalização Financeira Internacional e Crescimento Econômico

João Carlos Ramos Magalhães / Brasília, dezembro de 2002

Este texto avalia os impactos da liberalização financeira internacional sobre o crescimento econômico e o bem-estar social dos países em desenvolvimento e desenvolvidos com base em uma revisão da literatura teórica e empírica sobre o tema. Ele inicia-se com o modelo neoclássico tradicional de crescimento e com alguns modelos decrescimento endógeno, que supõem mercados de capitais perfeitos. A apresentação de modelos que introduzem imperfeições nos mercados financeiros e de capitais, como restrições ao crédito e informações assimétricas, mostra que os resultados da liberalização da conta de capitais devem ser diferentes dos previstos pelos modelos com mercados de capitais perfeitos. Trabalhos empíricos apresentados na última seção do texto corroboram as previsões dos modelos com mercados de capitais imperfeitos e fornecem recomendações políticas para que economias emergentes possam reduzir a volatilidade dos fluxos de capitais e evitar que a abertura financeira reduza suas taxas de crescimento econômico.

 

acesseAcesse o documento (178.41 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea