Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 0850 - Reducing Schooling Inequality in Brazil: Demographic Opportunities and Inter-Cohort Differentials

Carlos Eduardo Velez, Sergei Soares e Marcelo Medeiros / Rio de Janeiro, dezembro de 2001

O objetivo deste trabalho é a exploração das relações entre escolaridade e demografia no Brasil. Gostaríamos de apresentar uma investigação preliminar sobre quanto tempo melhorias no sistema educacional vão demorar para se refletir na distribuição educacional da população em idade ativa (PIA). Este tempo de resposta depende de dois fatores. O primeiro é a composição etária da população em idade ativa:  o peso de cada coorte na população de 16 a70 anos. O segundo fator é a distribuição da instrução formal dentro de cada coorte: a média ea desigualdade de anos de estudo completados com sucesso. Estes dois fatores, demografia ee ducação por coorte, definem tanto o nível educacional médio como a distribuição da educação dentro da PIA para um ano qualquer. Neste texto, usamos uma projeção demográfica padrão e fazemos várias hipóteses sobre a evolução tanto da média como da desigualdade educacional. De acordo com essas hipóteses, é possível calcular quanto tempo melhorias no nível educacional de coortes sucessivas vão levar para se traduzir em melhorias significativas na distribuição da escolaridade da PIA. Os resultados, infelizmente, são um tanto pessimistas. Calculamos que até melhorias fortes com relação à tendência observada vão demorar anos ou até décadas para se transformar em dotações educacionais significativamente maiores e melhor distribuídas para a PIA. Em outras palavras, a inércia demográfica é um fator forte impedindo transformações dramáticas na distribuição da educação em períodos menores que algumas poucas décadas.

 

acesseAcesse o documento (178.41 Kb)             


Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea