Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Slideshare

 

topo td_antigos

TD 0628 - Pernambuco : Economia, Finanças Públicas e Investimentos nos Anos de 1985 a 1996

José Romeu de Vasconcelos (coordenador) e José Raimundo Vergolino / Brasília, fevereiro de 1999

O estado de Pernambuco participava, em 1970, com aproximadamente 25% do produto regional. Em 1995, alcançou a cifra de 17%, o que configura clara tendência à descentralização espacial do produto interno regional a favor dos estados periféricos de menor nível de renda per capita.Uma das razões para essa rearrumação espacial da produção regional está fortemente associada ao papel dos investimentos dos agentes privados e públicos. O principal objetivo deste estudo é investigar os determinantes locacionais dos investimentos privado sem Pernambuco e suas principais evidências segundo resultados de pesquisa com trinta empresários no estado. O trabalho envolve também estudo do comportamento das finanças públicas estaduais no período 1985/1995, com destaque para a análise de alguns indicadores de performance das finanças estaduais. O estudo analisa a evolução dos investimentos incentivados em Pernambuco, com especial destaque para aqueles oriundos dos desembolsos do BNDES, dos fundos de incentivos fiscais(FINOR/SUDENE) e do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), administrado pelo BNB.

 

acesseAcesse o documento (237.65 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea