Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 0616 - Importação de Tecnologia, Acesso às Inovações e Desenvolvimento Regional: O Quadro Recente no Brasil

Adriana Pacheco Aurea e Antonio Carlos F. Galvão / Brasília, dezembro de 1998

Este trabalho discute a natureza das relações que o setor produtivo brasileiro mantém com a absorção de tecnologias do exterior e seus impactos gerais sobre a dinâmica e a configuração espacial do nosso desenvolvimento. A principal conclusão do trabalho é a de que o Brasil, nos últimos anos, voltou a realizar montantes expressivos de remessas relacionadas com a importação de tecnologia. Entretanto, esse movimento se fez, em parte, com certa deterioração da capacidade efetiva de absorção de inovações, refletindo a liberalização promovida recentemente na legislação que regula tais contratos. Mais e mais os montantes parecem estar relacionados a setores e tipos de contratos que são menos relevantes para os esforços nativos de desenvolvimento tecnológico. No plano regional, a troca de posições na liderança verificada entre as unidades da Federação reflete também essas transformações recentes: a estrutura produtiva do Rio de Janeiro, representada, sobretudo, pela pujança das empresas estatais nos anos 70, cede sua posição para a estrutura produtiva paulista na metade dos anos 90. Nos demais estados, os dados confirmam a regra de que esses pagamentos só alcançam, ou alcançaram, significado maior quando da presença de surtos expressivos de investimentos.

 

acesseAcesse o documento (736.29 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea