Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 0595 - Homens x Mulheres: Substitutos ou Complementares no Mercado de Trabalho?

Adolfo Sachsida / Brasília, outubro 1998

Este texto aplica o método de elasticidade de substituição de Hicks para caracterizar substitutibilidade ou complementaridade entre mão-de-obra feminina e masculina. Aliado a esse instrumental é adotado um procedimento econométrico para tentar definir se a mão-de-obra feminina é substituta ou complementar à masculina. A idéia é caracterizar comple-mentaridade como um indício de discriminação por gênero no mercado de trabalho formal brasileiro. Os dados englobam o período de janeiro de 1986 a dezembro de 1996. Os resultados obtidos indicam a ocorrência de discriminação por gênero no mercado de trabalho formal brasileiro nesse período.

 

acesseAcesse o documento (77.32 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea