Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 0446 - Um Modelo de Previsão do PIB, Inflação e Meios de Pagamento

Ajax R. Bello Moreira, Antonio Fiorêncio e Hedibert Freitas Lopes / Rio de Janeiro, novembro de 1996

Este artigo discute uma relação empírica entre o PIB, a inflação e a liquidez da economia brasileira através de modelos VEC estruturais. Os principais pontos são os seguintes. Em primeiro lugar, partimos de um conjunto relativamente amplo de possíveis indicadores de liquidez e procuramos a representação mais parcimoniosa dentro deste conjunto. Assim, separamos o modelo em um bloco marginal e um condicional, utilizando o teste de causalidade de Granger para variáveis integradas como critério separador. Em segundo lugar, estimamos o modelo em sua representação VEC e não rejeitamos a hipótese de que o modelo marginal apresenta três tendências comuns. Utilizamos como um dos critérios de identificação do modelo a separação entre os choques que têm efeitos permanentes e os que têm apenas efeitos transitórios. Em terceiro lugar, utilizamos restrições adicionais, sugeridas pela teoria econômica, para identificar o modelo estrutural e interpretar cada choque permanente como uma alteração exógena na políticaeconômica. Identificamos um choque de juros reais, um choque de liquidez e um choque de oferta. Finalmente, apresentamos as funções de resposta a impulso dos choques identificados.

 

acesseAcesse o documento (113.71 Kb)         

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea