Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo td_antigos

TD 0440 - Uso de Instrumentos Econômicos na Gestão Ambiental da América Latina e Caribe: Lições e Recomendações

Ronaldo Seroa da Motta, Jack Ruitenbeek e Richard Huber / Rio de Janeiro, outubro de 1996

O principal objetivo deste estudo é o de investigar o uso dos instrumentos econômicos (IEs) no contexto da América Latina e do Caribe (ALC). A investigação abrange um painel de 10 países - Barbados, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Jamaica, México, Peru, Trinidad e Tobago e Venezuela - eum corte transversal de questões - abastecimento/captação de água, qualidade da água, qualidade do ar, energia, gestão dos resíduos sólidos e líquidos, poluição sonora e agricultura - dentro de um ambiente urbano. Uma das principais conclusões é que o uso de IEs está bastante difundido na região, mas que, devido à fragilidade institucional dos órgãos ambientais locais, sua implementação não fornecerá uma rápida panacéia para os problemas freqüentemente associados aos procedimentos tipos de comando e controle. Todavia, procurou-se apontar as condições necessárias para que haja um escopo definido para a cuidadosa e oportuna implementação de certos IEs e que estes venham a garantir uma melhoria ambiental com menor custo social.

 

acesseAcesse o documento (227.34 Kb)         

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea