Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
20/11/2019 17:26

Livro analisa políticas públicas voltadas ao semiárido


Estudo avalia alguns dos principais programas em curso na região até 2015

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) publicou nesta quarta-feira (20) o livro Avaliação de Políticas Públicas no Brasil: uma Análise do Semiárido. O estudo apresenta, em 11 capítulos, um diagnóstico sobre iniciativas em curso para o desenvolvimento econômico e social da região, e os impactos de alguns dos principais programas em vigência até 2015. De acordo com a pesquisa, as políticas em curso têm alcançado resultados consistentes no semiárido, embora ainda exista espaço para aprimoramentos no dinamismo econômico local.

Os capítulos do livro avaliaram sete temas específicos relativos a políticas públicas implementadas no semiárido: agricultura irrigada, cisternas, energia fotovoltaica, educação, fundos constitucionais, projetos comunitários e o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A pesquisa verificou a condição atual dos 1.262 municípios que integram o semiárido. Boa parte da população, 44%, reside na área rural do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, da Paraíba, Bahia, de Pernambuco, Alagoas e de Minas Gerais.

O estudo apresenta análises recentes sobre o semiárido brasileiro e anota a necessidade de dar longevidade às políticas, cuja continuidade e avaliação são chave para o aprimoramento dos resultados alcançados. A publicação foi organizada pela Diretoria de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais do Ipea (Dirur) e contou com a importante contribuição de especialistas de inúmeras instituições parceiras na análise de estudos sobre essa região brasileira.

Leia o livro na íntegra

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea